O começo do começo.

11 Oct

Hey guys!!

Criei este blog para registrar tudinho sobre minha mais nova aventura: Ser Au Pair nos EUA.

“Nathy, você vai sair do brasil para ser babá? Mesmo?”
S I M ! Mesmo. Mas vou explicar o porquê.

Eu sempre estive muito ligada à cultura americana. Adorava aprender ingles, aprender os costumes e tudo mais. Minha vontade de estar em contato com a cultura e com o país começou a crescer mesmo aos meus 17/18 anos, naquela fase básica de querer independência,  querer se aventurar e viver uma vida Hollywoodiana.

Eu demorei para me encontrar profissionalmente, fui de Medicina Veterinária à Fotografia – que inclusive tem muita coisa em comum, não é mesmo. Mas nesta fase é super normal ser indeciso porque você estava na sua área de conforto onde seus pais respondiam por você e a única coisa que você tinha de ruim para se preocupar era em passar na merda da recuperação. Até que de repente você faz 18 anos, precisa tomar uma porrada de decisões e, a maioria delas, vai refletir para sua vida inteira.
Bom, foi o que aconteceu comigo. Mas graças a Deus, enquanto tentava engolir meu técnico de Contabilidade¹ , me encontrei na fotografia e na arte. Acabando meu técnico –Ufa! – em Julho/2012, ingressei na faculdade de Produção Multimídia em Janeiro/2013. No começo, tudo eram flores. Mas o curso virou uma bola de neve, professores não estavam mais tão assíduos com suas matérias, o curso era novo e todos estavam perdidos. Resultado = resolvi trancar. Pagar caro para não aprender quase nada, não dá não é mesmo.
Foi aí que fiquei irritada com tudo e todos e resolvi me rebelar. “Vou estudar fora! Nos EUA. Pronto, resolvido.” , pensei. Como se fosse super fácil, inclusive. Procurei muitos jeitos de ir pra lá, muitas faculdades (porque este é o meu maior intuito, estudar algo que eu goste e viver algo que eu goste) mas.. tudo excessivamente grande para o meu pequenino orçamento. Foi aí que fiquei sabendo deste programa de intercâmbio – Au Pair.²

Resumindo o programa, você “mora” na casa da Família por – no mínimo- 1 ano, a família te paga por semana uma quantia em doletas + um carro para você utilizar + um aposento + 500 doletas de bolsa de estudo anual para em troca disso você cuidar de seus filhotes. Me interessei pelo programa, por ser a maneira mais barata de ir pra lá e comecei o meu processo inteiro – quando digo inteiro me refiro a TUDO: pesquisar qual agencia é melhor, me informar mais sobre o programa de intercâmbio etc etc e tentar fazer com que meus pais não freak out com meus planos – em meados de Abril/2013.

Ruim?! Sim. Não. Talvez. .. muitos dizem que é uma experiência muito boa no sentido de aprendizado pois você estar totalmente imergido na cultura americana, o inglês consequentemente melhora, você aprende a lidar com as situações sozinha e até consigo mesma. Outros dizem que é bom, mas não fariam novamente.

O que eu penso: Não custa tentar ;)

Por fim, criei este blog para deixar registrado aqui os meus dias e minhas aventuras como Au Pair!
Aqui vou deixar todos os passos que tomei, explicadinhos e mastigadinhos.

É isso!
Xoxo,

N.

*Ps: Se você percebeu os numerozinhos nas palavras, PARABÉNS! Com certeza é apaixonado (a) por livros como eu. Cada post terá suas notas, então se ver algum numerozinho perdido por aí, olhe aqui em baixo :)

_____________________________________________________________

¹ Uma longa história, mas fiz este técnico por causa de negócios de familia.

² Curioso (a) para saber mais sobre este programa né. Você pode encontrar mais informações aqui.

Advertisements

2 Responses to “O começo do começo.”

  1. Ana Paula January 16, 2014 at 8:35 pm #

    Hi Nathaly, como vc fez com as suas horas de experiencia? Vc já tinha ou teve que fazer? Muito obrigada :)
    Ass: uma futura aupair desesperada rs

    • nathalyr January 27, 2014 at 10:15 pm #

      Oi!
      Eu tinha horas trabalhadas em uma “ong”, que na verdade era um projeto da minha igreja com crianças.. e horas com primos e parentes! É tranquilo.. qualquer coisinha que voce tiver ajuda bastante. Se você nao tem o suficiente, procura alguma organização pra fazer horas ou alguma coisa parecida, ajuda muito :)
      Obrigada por seguir!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: